Capa

Mastermidia

Brasileiro de Kart: Destaque do campeonato, goiano Pablo Hattori amarga 12º na Cadete  

‘Japonês Voador de Goiás’ foi um dos dois pilotos mais rápidos da tomada de tempos e um dos cinco pilotos que venceram baterias classificatórias.

13.12.2021  |  654 visualizações

 

 

O 56º Campeonato Brasileiro de Kart não terminou bem para os pilotos goianos, que haviam obtido os dois melhores tempos no início do certame no Kartódromo Beto Carreiro, em Penha (SC). Campeão da Cadete em 2020, Theo Salomão encerrou na 11ª posição, uma a frente de Pablo Hattori (Sprayercom/ONS Motorsports), ambos prejudicados por atitudes antidesportivas sofridas. O campeão foi o catarinense Christian Mosimann, que havia largado atrás dos representantes de Goiàs.

“Apesar dos pesares, continuo motivado, fiz o melhor de mim, estou cada vez mais forte e voltarei com tudo no ano que vem”, declarou Pablo Hattori, de apenas 10 anos de idade.

O “Japonês Voador de Goiás”, como Pablo é conhecido nas pistas, teve um desempenho bem sólido no maior campeonato nacional de kartismo do mundo. Liderou dois de três treinos livres, alcançou o segundo melhor tempo na tomada de tempos, liderou todas as suas três baterias classificatórias, foi um dos cinco vencedores das baterias eliminatórias e largou em quarto na Final, com grande chance de brigar pelo título.

Com os vários toques sofridos durante a disputa na corrida decisiva, Hattori perdeu posições, e com motor que perdeu potência não teve como se recuperar. Na última volta, quando estava em sexto, teve que desviar de um piloto que rodou e ao sair pela grama acabou finalizando o campeonato no 12º posto.

“Vou continuar com a minha tocada limpa, pois esta é a minha índole. Os fiscais de pistas e comissários desportivos devem observar melhor e impedir muito bate-bate, isto é um esporte, que além de ter riscos, não é barato”, completou o representante de Goiás.

Confira o resultado oficial da Cadete: 1) Christian Mosimann (SC), 16min22s341; 2) Guilherme Moleiro (PR), a 0s716; 3) Alexandre Leal Filho (PE), a 1s117; 4) Vinicius Ferro (SP), a 1s346; 5) Raphael Gebara (RJ), a 1s284; 6) Gustavo Bonk (SC), a 3s811; 7) Paulo Willemann Filho (MT), a 7s756; 8) Davi Alkmin (SC), a 8s062; 9) Samuel Santiago (SP), a 8s826; 10) Matheus Ramalho (SC), a 9s211; 11) Theo Salomão (GO), a 9s212; 12) Pablo Hattorio (G), a 9s769.

 

Curta:

@pablohattori

@sprayercom_

@ons_brv

 

 

 

 

Leia também...
14.01.2022

Alberto Otazú (Graduados), Eduardo Abrantes (Sênior), Grazielle Gonçalves (Graduados Feminina), Raquel Ribeiro (Novatas Feminina), André Alves dos Reis (Novatos Masculino), Carolina Fernandes (Estreantes Feminina), Robin Drogat (Estreantes Masculino) e Laila Almeida (Speed Angels) foram campeões

05.01.2022

O ‘Japonês Voador de Goiás’ alcançou títulos, vitórias, poles e voltas mais rápidas Brasil afora.

21.12.2021

Equipe do clube de companheirismo do Rotary Club Ponte Estaiada São Paulo se mostrou rápida e novamente subiu no pódio

11.12.2021

 ‘Japonês Voador de Goiás’ foi um dos cinco pilotos que venceram baterias classificatórias e largou entre os quatro primeiros na Final