Capa

Mastermidia

Kartismo é a escola para a Fórmula 1

Pablo Hattori, o ‘Japonês Voador de Goiás’, prefere treinar com kart do que assistir a F1 em Interlagos

09.11.2021  |  408 visualizações

Já é notório que a primeira e melhor escola do automobilismo é o kartismo. Os garotos começam a praticar com cinco, seis anos de idade, e vão avançando de categorias, muitos chegando a correr de kart até por dez anos antes de estrear nos carros. E o sonho de 100% desta molecada é um dia chegar na Fórmula 1, como aconteceu e se realizou com todos os pilotos que neste fim de semana estarão no Autódromo de Interlagos, para a disputa do GP São Paulo de F1. Destaque para o líder da categoria máxima Max Verstappen, que foi campeão mundial dos micromonopostos em 2013, e da sensação Lando Norris, campeão mundial de kart em 2014. Lewis Hamilton foi campeão da Copa do Mundo e do Europeu.

Grande parte das arquibancadas de Interlagos desde sexta-feira será ocupada por kartistas que querem ver de perto os velozes monopostos da Fórmula 1, alimentando o seu sonho de um dia chegar lá, como tantos outros brasileiros, culminando com os campeões mundiais Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna.

Mas tem menino que abriu mão da oportunidade de ver de perto a velocidade do Fórmula 1, para treinar com o seu kart para tentar ser campeão brasileiro da modalidade. O pequeno goiano Pablo Hattori (Sprayercom/ONS Motorsports) preferiu viajar nesta semana para Penha, em Santa Catarina, para desenvolver ainda mais as suas habilidades e o seu Cadete Bravar no Kartódromo Beto Carrero, onde será realizado o Open do Brasileiro (17/11) e o Brasileiro de Kart (11/12).

“Eu quero chegar na Fórmula 1 porque amo velocidade e me inspiro no Ayrton Senna”, afirma o garotinho de apenas 10 anos de idade. “Já que os meus adversários vão vir muito fortes, prefiro treinar de kart e me dedicar para tentar ser campeão brasileiro de kart este ano”, diz com determinação o piloto que foi quinto colocado no SPR Light na semana passada nesta mesma pista catarinense. “Prefiro muito mais estar sentado no cockpit do kart do que estar assistindo a Fórmula 1 sentado na arquibancada. Então, resolvi me esforçar bastante treinando muito. A Fórmula 1 pode ficar pra depois”, completou o ‘Japonês Voador de Goiás’.

Após os treinos, Pablo Hattori vai aproveitar que estará no Kartódromo Beto Carrero e disputará no feriado de 15 de novembro a última etapa do Kart Pro Endurance Championship, com uma hora de duração, com transmissão ao vivo pelo canal da Floripa Speed no Youtube e no facebook da FAUESC.

“Trago na mala, direto de Goiás, a experiência do preparador Wellington de Castro, da equipe WCS Racing, pra me ajudar. E ainda terei a companhia de meus amigos goianos Miguel Barbosa e Felipe Grando. Vai ser bem proveitoso e divertido”, finalizou Pablo.

Curta @pablohattori

Curta @sprayercom_

Curta @ons_brv

Leia também...
08.12.2021

Alberto Otazú (Graduados), Eduardo Abrantes (Sênior), Grazielle Gonçalves (Graduados Feminina), Raquel Ribeiro (Novatas Feminina), André Alves dos Reis (Novatos Masculino), Carolina Fernandes (Estreantes Feminina), Robin Drogat (Estreantes Masculino) e Laila Almeida (Speed Angels) foram os campeões.

06.12.2021

Pablo Hattori é um dos principais postulantes ao título de campeão entre 70 pilotos.

06.12.2021

Fábio PL (Le Mans), Henrique Morbi (Old) e Caio Terra (Light) venceram a última etapa

30.11.2021

Alberto Otazú (Graduados), Eduardo Abrantes (Sênior), Grazielle Gonçalves (Graduados Feminina), Andressa Rosa (Speed Angels), Raquel Ribeiro (Novatas Feminina), Priscila Raposo (Estreantes Feminina), André Alves dos Reis (Novatos Masculino) e Henrique Dantas (Estreantes Masculino) são os líderes