Capa

Radicais

Victor Corrêa e /Maicol Souza são campeões brasileiros de Rally de Velocidade

Dupla mineira/catarinense repete a conquista de 2018

07.12.2020  |  207 visualizações

O cancelamento do último rally da temporada em virtude a pandemia do COVID-19, acabou antecipando a decisão do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade. Com isto, a dupla formada pelo piloto mineiro Victor Corrêa e o navegador catarinense Maicol Souza, da equipe Unifenas/RT One, foi declarada campeã da categoria Rally 5, título que já tinham conquistado juntos em 2018.

“Bicampeão brasileiro de Rally de Velocidade! Este é o grito que queríamos ter soltado na semana passado no Rally da Graciosa, mas só agora tivemos a confirmação”, comemorou Victor Corrêa, de Alfenas, sul de Minas Gerais.

“Este foi um campeonato atípico, porque o ano foi atípico. Desde o momento em que entramos no campeonato a gente sempre teve o foco e planejamento para buscar o título. Isso fez a diferença e o resultado está aí. O Victor (Corrêa) evoluiu muito, nós estamos bem entrosados e ano que vem queremos brigar por outro título” comentou Maicol Souza, que levou para Itajaí (SC) o seu quarto título de campeão brasileiro como Navegador. 

“Como tudo neste ano, o título não podia vir de uma forma convencional. Após sete etapas do campeonato e uma pandemia no meio, nos consagramos campeões brasileiros pela segunda vez. Sem pretensão de parecer clichê, mas já sendo, a palavra que exprime o que sinto neste momento é gratidão. Gratidão a tudo e todos que se envolveram, ainda que de forma indireta nesta conquista”, continuou Victor.

Na abertura do campeonato de 2020, Victor e Maicol não completaram o Rally de Pomerode por problemas mecânicos e não pontuaram. No Rally da Integração completaram a segunda etapa em quinto e a seguinte em terceiro. Já no Rally Rio Negrinho evoluíram para quarto e segundo na quinta etapa. Já nas duas etapas finais, no Rally da Graciosa, foram conservadores para juntarem mais duas segundas colocações na tabela de pontuação e conquistarem o título de campeões.  

“Aconteceu aquilo que até hoje só havia ouvido falar, fomos campeões sem vencer nem uma etapa, mas na regularidade de resultados conquistados no suor, tendo em vista que enfrentamos problemas mecânicos em praticamente todas as etapas”, comentou o representante da Unifenas.

“Agradeço primeiramente à Unifenas, que está junto neste sonho desde sempre, aos meus familiares, ao Maicol (Souza), que se assusta comigo em todas as curvas, e aos que torcem e vibram com os resultados. Vamos em frente e que venha 2021...”, encerrou Victor Corrêa.

Os primeiros da categoria Rally 5 (1.6 litros, tração 4x2).no Brasileiro de Rali de Velocidade são: 1) Victor Corrêa/Maicol Souza, 40 pontos; 2) Evandro Carbonera/Juliano Gracioli, 30; 3) Tiago Klimaczewski/Felipe Klimaczewski, 25; 4) Perci Hultmann/Juliano Zerbinato, 24; 5) Luiz Poli/Luiz Eckel, 19; 6) Elton Palkewich/Cássio Navarini, 16; 7) Júlio Cartaxo/Lucas Neumann, 15; 8) André Krueger/Lucivane Balena, 14; 9) Rodrigo de Jesus/Henrique Savi, 13, 10) Cláudo Sarginieski/Mateus Perin, 5 pontos.

 

Visite www.victorcorrea.com.br

Curta www.facebook.com/victor.correapiloto

 

Leia também...
30.11.2020

Dupla mineira/catarinense assumiu a liderança e pode conquistar o segundo título de campeões brasileiros

27.11.2020

Dupla mineira/catarinense está a apenas um ponto da liderança do Brasileiro de Rally de Velocidade.

24.11.2020

Pai e filho foram se divertir e terminaram em quarto em sua categoria (T2.0)

02.11.2020

Victor Corrêa vence na Classic Cup e Super Turismo. Na Fórmula Open abandona com problema mecânico