Capa

Radicais

Brasileiro de Rally de Velocidade volta para Santa Catarina neste fim de semana

Victor Corrêa/Maicol Souza tem chance de vitórias no Rally que deu o titulo de campeões em 2018

20.10.2020  |  217 visualizações

Depois de abrir o Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade 2020 com o Rally de Pomerode, o Estado de Santa Catarina recebe neste fim de semana (24 e 25/10) a quarta e quinta etapas do certame nacional com o Rally Rio Negrinho. E quem vai para o planalto norte catarinense com entusiasmo e boas lembranças é a dupla mineira/catarinense formada pelo piloto de Alfenas Victor Corrêa e o navegador de Itajaí Maicol de Souza, da equipe Unifenas/RT One Rally, pois foi nesta prova em que eles conquistaram antecipadamente o título de campeões brasileiros em 2018.

“É sempre muito bom voltar em Rio Negrinho, o evento nos traz boas lembranças e em muito nos agrada, por ter uma ótima estrutura”, destaca Victor Corrêa, que em 2018 ao lado de Maicol de Souza conquistou antecipadamente o título de campeão brasileiro de Rali de Velocidade na categoria RC5.

Serão dois dias de provas na região de Rio Negrinho e São Bento, com 10 Especiais cronometradas totalizando 151,98 km, mais 133,32 km de deslocamentos, chegando a 285,30 km de competição. O piso predominante é de terra, bem liso e sem muitas pedras, o que deverá deixar as Especiais cronometradas bem rápidas. ”Esperamos conseguir bons resultados, pois estamos em um momento crucial do campeonato. Vamos tentar fazer um bom levantamento nesta sexta-feira (23/10) para poder levar bons pontos pra casa”, aponta o piloto do Peugeot 207 da Unifenas/RT One Rally.

“Temos que estar bem concentrados para essa prova. Ela acaba sendo decisiva, pois estamos no meio do campeonato. Se quisermos brigar pelo campeonato deste ano é fundamental andar bem neste rali, já que tivemos problemas nas etapas anteriores. Por isto é muito importante um bom resultado aqui na minha terra”, observa Maicol, que reside em Itajaí, a 180 km de Rio Negrinho, lembrando que a dupla está no quarto posto do campeonato.

Até o momento, não houve repetição de vencedores no campeonato. No Rally de Pomerode, em Santa Catarina, prova de abertura do certame nacional, a dupla Perci Hultmann/Juliano Zerbinato foi vencedora. Na segunda etapa, no Rio Grande do Sul, a vitória ficou com Tiago Klimaczewski/Felipe Klimaczewski, Já no fechamento do Rally de Estação, válido pela terceira etapa, Elton Palkewich/Cássio Navarini foram os vitoriosos. “Nós temos tudo pra ir pra cima da tabela. Não podemos quebrar nem bater. Se não tivermos problemas, estaremos brigando por vitória também”, completa o navegador catarinense.

Os seis primeiros da categoria RC5 no Brasileiro de Rali de Velocidade são: 1) Perci Hultmann/Juliano Zerbinato, 20 pontos; 2) Elton Palkewich/Cássio Navarini, 17; 3) Júlio Cartaxo/Lucas Neumann, 16; 4) Victor Corrêa/Maicol Souza, 11; 5) Tiago Klimaczewski/Felipe Klimaczewski, 9; 6) André Krueger/Lucivane Balena, 8.

Os seis primeiros da categoria RC5 no Brasileiro de Rali de Velocidade são: 1) Perci Hultmann/Juliano Zerbinato, 20 pontos; 2) Elton Palkewich/Cássio Navarini, 17; 3) Júlio Cartaxo/Lucas Neumann, 16; 4) Victor Corrêa/Maicol Souza, 11; 5) Tiago Klimaczewski/Felipe Klimaczewski, 9; 6) André Krueger/Lucivane Balena, 8.

Cronograma do Rally Rio Negrinho:

Sábado (24/10)

9h00 – Largada (Parque de apoio e pódio no Ginásio de Esportes José Brusky Jr (Briskão)

Deslocamento – 17,25 km

9h38 - SS1 – Rio Antinha 1 – 19,66 km

Deslocamento - 5,21 km

10h16 - SS2 - Pinheirinho 1 – 7,50 km

Deslocamento – 9,37 km

10h49 - SS3 – Rio Antinha 2 - 19,66 km

Deslocamento – 6,73 km – Total 85,38 km

13h04 – Largada 2

Deslocamento – 17,25 km

13h42 - SS4 – Rio Antinha 3 – 19,66 km

Deslocamento – 5,21 km

14h20 - SS5 (Power Stage) – Pinheirinho 2 – 7,50 km

Deslocamento – 8,50 km – Total 58,12 km – Total do dia 143,50 km

14h45 - Parque Fechado

Primeiro dia: 5 Especiais, com total de 73,98 km e 69,52 km de deslocamentos, totalizando 143,50 de prova.

Domingo (25/10)

9h00 – Largada

Deslocamento – 7,90 km

9h23 - SS6 – São Pedro 1 – 13,50 km

Deslocamento – 4,15 km

9h56 - SS7 – Rio dos Bugres 1 – 18,75 km

Deslocamento – 8,80 km – Total 53,10 km

12h16 - Largada 2

Deslocamento – 7,90

12h39 - SS8 – São Pedro 2 – 13,50 km

Deslocamento – 4,15 km

13h12 - SS9 – Rio dos Bugres 2 – 18,75 km

Deslocamento – 13,15 km

13h55 - SS10 (Power Stage) – São Pedro 3 – 13,50 km

Deslocamento – 17,75 km – Total do dia: 88,70 km

14h35 - Parque fechado

15h – Premiação (Ginásio de Esportes José Brusky Jr – Briskão)

Segundo dia: 5 Especiais, com total de 78 km e 63,80 km de deslocamentos, totalizando 141,80 km de prova.

 

Visite www.victorcorrea.com.br

Curta www.facebook.com/victor.correapiloto

 

Leia também...
30.11.2020

Dupla mineira/catarinense assumiu a liderança e pode conquistar o segundo título de campeões brasileiros

27.11.2020

Dupla mineira/catarinense está a apenas um ponto da liderança do Brasileiro de Rally de Velocidade.

24.11.2020

Pai e filho foram se divertir e terminaram em quarto em sua categoria (T2.0)

02.11.2020

Victor Corrêa vence na Classic Cup e Super Turismo. Na Fórmula Open abandona com problema mecânico