Capa

Stock Car: Átila Abreu não pontuou no playoff

Com capacete de Ayrrton Senna, sorocabano fazia uma prova maravilhosa na chuva em Brasília, quando novamente levou batida e abandonou.

16.10.2011  |  680 visualizações
Enquanto Cacá Bueno (Red Bull Racing) e Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) comemoraram o fato de serem os únicos que brigarão pelo título da Copa Caixa Stock Car na última corrida, e Valdeno Brito (Esso Móbil Super) vibrava com a vitória na penúltima etapa em Brasília (DF), Átila Abreu (Pioneer/Zinco/OTG/Sorocred/Vinã Santa Carolina) e Thiago Camilo (Ipiranga RCM), que venceram corridas durante a temporada amargaram no último domingo (17/10) o fato de não terem pontuado nenhuma vez nos playoffs que reuniram os dez melhores do campeonato nas quatro últimas provas para brigarem pelo título.

"Novamente tive que me retirar da corrida em consequência de batida que levei. Eu estava na briga direta pela vitória quando levei um toque do Allan Khodair que entortou a barra da direção, que quebrou voltas depois por causa do esforço. Estou me sentindo um saco de pancadas nesta temporada, mas seguimos em frente em busca de mais vitórias", comentou Átila Abreu, que chegou a liderar o campeonato, mas agora está apenas em nono no certame. O líder é Cacá Bueno (Red Bull Racing), com 271 pontos, seguido de Ricardo Mauricio com 258 pontos.

Pela primeira vez na temporada largando com pneus de chuva, os pilotos da Stock Car usaram acertos diversos e as equipes aplicaram estratégias diferentes em busca de bom resultado no circuito externo do Autódromo Internacional Nelson Piquet. "Nós apostamos que a chuva iria permanecer por muito tempo e tivemos um excelente desempenho no começo da corrida. Nosso carro estava muito bom na chuva, meu ritmo era muito rápido no molhado e pude passar todos que largaram na minha frente", contou Átila, que correu com a réplica do capacete de Ayrton Senna, lembrando os 20 anos da conquista do tricampeonato de Fórmula 1.

A prova chegou a ser paralisada pela direção da prova após a sexta volta, teoricamente por falta de condições devido à chuva, mas reiniciou 15 minutos depois. "Se não houvesse a bandeira vermelha a minha briga pela vitória seria direta. E dificilmente seria alcançado facilmente a ponto de levar o toque do Khodair. Mas já aconteceu e vou para o Velopark atrás de minha segunda vitória naquela pista", encerrou Átila, que além de vencer na pista gaúcha no primeiro semestre, venceu pela segunda vez consecutiva nas ruas de Ribeirão Preto (SP).

O encerramento do campeonato no Velopark será no dia 6 de novembro.

Classificação da Mobil Super Final 2011 da Copa Caixa Stock Car:
1º) Cacá Bueno - 271
2º) Ricardo Maurício - 258
3º) Max Wilson - 248
4º) Allam Khodair - 236
5º) Popó Bueno - 233
6º) Luciano Burti - 226
7º) Marcos Gomes - 226
8º) Thiago Camilo - 225
9º) Átila Abreu - 216
10º) Daniel Serra - 215

Visite: www.atila51.com ou www.atila-abreu.com.br
www.amgcompeticoes.com.br
www.pioneer.com.br
www.zinco.com.br
www.casaflora.com.br
www.sorocred.com.br
www.otg.com.br
www.bateriaslider.com.br
www.colonialrodas.com.br
www.monsterenergy.com

Leia também...
06.11.2011

Sorocabano venceu duas corridas, mas não terminou nenhuma das quatro provas do playoff

05.11.2011

Sorocabano larga da segunda fila e comemora a sua 51ª prova com o número 51.

04.11.2011

Sorocabano foi um dos mais rápidos na sexta-feira, e está extremamente animado para a disputa de sua 51ª prova com o número 51.

02.11.2011

Sorocabano faz na pista onde já venceu este ano a sua 51ª prova correndo com o número 51.